ACADEMIA DE LÍNGUAS

APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS

 

Nos últimos anos, a importância que a aprendizagem de línguas estrangeiras tem, não apenas a nível individual, mas também nas sociedades, sido amplamente reconhecida.

É igualmente reconhecido que as vantagens provenientes de tal aprendizagem ultrapassa o plano meramente escolar.

Segundo a Unesco, «a diversidade linguística constitui uma das maiores garantias da diversidade cultural. Como o próprio multilinguismo, ela contribui para o desenvolvimento sustentável, o fortalecimento do diálogo, da coesão social e da paz».

Segundo Comissão Europeia, por um lado, no plano pessoal, tal aprendizagem «oferece muitas vantagens, desde o desenvolvimento pessoal à abertura de novas possibilidades de carreira», destacando o alargamento do «horizonte intelectual, graças à descoberta de novos conceitos que não existem por vezes na língua materna», e a comprovada melhoria de aptidões cognitivas gerais provenientes desta atividade; por outro, no plano profissional, «a crescente cooperação internacional tornou urgente a capacidade de comunicar no plano internacional», estabelecendo um elo direto entre as competências linguísticas e a competitividade: «Atualmente, as línguas fazem parte das competências exigidas às pessoas que procuram emprego e conferem uma vantagem competitiva em domínios tão variados como a administração pública, o comércio e os meios de comunicação. O número de postos de trabalho em sectores que têm como base as línguas, como o ensino, a interpretação e a tradução, aumentou em virtude da importância crescente atribuída ao conhecimento de línguas».

É neste contexto que o Instituto Educativo de Lordemão, através do ensino de línguas estrangeiras, se poderá constituir como uma força de intervenção na preparação de jovens para os desafios do século XXI.

A LÍNGUA PORTUGUESA E A IMPORTÂNCIA DA LEITURA

A disciplina de Português é fundamental na sociedade, enquanto espaço de desenvolvimento de competências de ordem comunicacional e social, assumindo, no entanto, funções que ultrapassam largamente o seu âmbito estrito, projetando-se em outros espaços curriculares, apresentando-se como matriz de identidade e como suporte de aquisições múltiplas.

É também um espaço de promoção da leitura, que deve ser entendida como uma oportunidade de desenvolvimento pessoal e profissional.

É através dela que o indivíduo percorre e descobre novos universos sem sair do lugar.  Ler é um processo de expansão de si mesmo, a abertura para infinitas possibilidades, o caminho para despertar o seu potencial na sua plenitude.

Um leitor adquire mais conhecimento e promove a sua evolução enquanto ser humano e profissional. Os livros são fontes de riqueza, não somente em caráter material, mas também no sentido mais sublime da palavra, sendo uma questão de engrandecimento como um todo.

Citando Hermann Hesse, “Ler um livro é para o bom leitor conhecer a pessoa e o modo de pensar de alguém que lhe é estranho. É procurar compreendê-lo e, sempre que possível, fazer dele um amigo.”.

APRENDER FRANCÊS

Aprender uma língua é útil, mais ainda se for o Francês!

Aprender uma língua é muito mais do que adquirir uma ferramenta de comunicação. É também aprender uma cultura, é adquirir uma nova maneira de ver as coisas e o mundo, é aumentar a disponibilidade para a mobilidade.

“Quem não conhece línguas estrangeiras, não sabe nada da própria." Assim profetizava Goethe. Tal afirmação não poderia ser mais atual. Numa sociedade que se quer cada vez mais aberta aos outros, é fundamental alargar os horizontes pessoais, incentivar os mais novos, partilhar referências que fazem parte da nossa cultura e da nossa história, dar-lhes as ferramentas de que precisarão para se moverem num mundo cada vez mais exigente, uma aldeia global que não cessa de crescer e que está cada vez mais perto de nós. Uma geração que sabe menos é uma geração mais pobre. Por isso, as línguas constituem a chave fundamental para compreendermos os outros povos, irmos aos encontro das suas diferenças, encontrarmos semelhanças, partilharmos experiências, oportunidades, concretizarmos sonhos.

As línguas não são só ferramentas propícias à comunicação mas refletem e transmitem igualmente perceções do mundo que nos rodeia, e no qual se inserem os nossos jovens.

Numa Europa unida, as línguas favorecem a mobilidade profissional.

Mais de uma pessoa em cada 10 no mundo fala Francês!

Há falantes de Francês no Egipto, Índia (Pondicherry), Itália (Vale de Aosta), Laos, Mauritânia, Reino Unido (Ilhas do Canal), Estados Unidos da América (especialmente Luisiana e Nova Inglaterra) e Vietname.

Geograficamente, os francófonos estão concentrados no litoral atlântico. A Guiana Francesa, as Antilhas francesas e as províncias canadenses franco falantes como o Quebeque, formam a chamada América francófona; os países africanos colonizados pelos franceses, maioritariamente localizados no Atlântico, compõem a África francófona; e a França e seus vizinhos menores, Bélgica, Suíça, Luxemburgo e Mônaco, localizados na Europa.

Existem, portanto, muitas vantagens na aprendizagem da língua francesa.

Contactos

Av. Dr. José R. Sousa Fernandes, Lordemão, 3020-228 Coimbra
Telefone: 239 497 080
Email: geral@institutoeducativolordemao.pt

Parcerias

Siga-nos

© INSTITUTO EDUCATIVO DE LORDEMÃO 2017 | DESIGN BY: DESIGNRIGOROSO